Mãe conversa com filho pequeno para incentivar português como língua de herança
5
(1)

Se você se questiona e tem dúvidas sobre como incentivar o português como língua de herança (PLH) para os filhos, fique tranquila. Essa é uma preocupação frequente entra as famílias brasileiras expatriadas.

Por convivermos com tantas nacionalidades e culturas diferentes, na prática o desenvolvimento do português como língua de herança pode ser diferente do imaginado. Atualmente, muito se fala sobre a língua de herança, mas você sabe o que ela significa e como colocá-la em prática?

Alfabetização diferente

O português como língua de herança é diferente da alfabetização que há no Brasil ou a língua portuguesa que uma pessoa estrangeira aprende. O PLH surgiu do desejo dos pais brasileiros de que os filhos (nascidos ou criados fora do país) falassem português e conhecessem a cultura brasileira.

Criança escreve a lápis em caderno para aprender português como língua de herança
A forma como se aprende a língua de herança é diferente da alfabetização tradicional Foto de Pixabay

Dessa maneira, o conceito é fruto da estreita relação entre língua, identidade e cultura. A herança que está sendo passada de uma geração à outra não corresponde apenas à habilidades linguísticas, mas também aos costumes do país de origem dos pais e aos valores familiares.

7 dicas para incentivar a língua de herança

1 – Seja natural

No dia a dia, muitas vezes, falar o português do Brasil pode ser um grande desafio. Ainda mais se seu filho é maior e percebe o seu esforço em se comunicar pela sua língua nativa com ele. Independente da idade da criança, minha primeira dica é introduzir o português de maneira natural e constante na rotina da família. É importante que a criança perceba essa língua como um bônus, e não como uma obrigação.

2 – Ajude-o a sentir orgulho de suas origens

Como as crianças estão rodeadas de amigos de diferentes culturas, muitas vezes usar outro idioma pode trazer vergonha, desconforto e timidez. Caso você perceba isso, converse com seu filho, tente entender o que está acontecendo e encontrem juntos meios de se orgulhar e incentivar seu uso.

Leia também:  7 séries europeias da Netflix imperdíveis
Dois pré adolescentes conversam e olham no celular
Conversar com os filhos pode ajudar a terem mais orgulho e não sentirem vergonha de conversar em sua língua de herança Foto do Pixabay

3 – Use e abuse da música brasileira

Outra dica de incentivo são as músicas em português. Introduza, todo dia, músicas da nossa cultura às crianças. Não apenas as de rodas e cantigas, como também as atuais, tocadas nas rádios (de acordo com o seu gosto e o dele). Desde maneira, você cria um ambiente natural e permite que a criança se identifique com o que ouve. Juntos, vocês podem aproveitar o momento com diversão.

4 – Grupos locais de língua de herança

Muitas famílias procuram grupos ou escolas que incentivam o português como língua de herança, o que é uma excelente alternativa. Independente da idade da criança, é uma ótima maneira de estreitar o contato não apenas com língua, mas com a cultura e com outros brasileiros.

5 – Livros e filmes em português do Brasil

Use e abuse de livros e filmes em português. Essas ferramentas são boas oportunidades de explorar e brincar junto com seu filho. Caso você já tenha esgotado seu estoque de livros, procure fazer trocas com amigos. Na Netflix, no login “Kids”, você pode mudar o idioma oficial para português do Brasil onde estiver que vai ter muita opção para áudio e legenda com a nossa língua.

Dois meninos lêem um livro juntos sentados no jardim para incentivar língua de herança
Livros são um grande e lúdico incentivo para manter a língua de herança Foto de Victoria Borodinova no Pexels

6 – Relembre as brincadeiras da sua infância

Brinque com jogos típicos da sua infância e da nossa cultura e encontre também jogos típicos do país em que você vive. As crianças adoram aprender brincando, não é mesmo?!

7 – Mantenha contato com a família e amigos

Por último, mas não menos especial, é o contato com a família e amigos. Faça deles seus aliados nesse processo. Normalmente, as crianças não gostam de falar ao telefone e não têm muita paciência, mas as chamadas de vídeo são um ótimo canal.

Leia também:  Como criar tempo para si na Europa com filhos

Permita que a criança mostre seus brinquedos, trabalhos de escola, mostre aonde está e até mesmo grave seus próprios vídeos para os familiares e amigos. Dessa maneira, você fortalece o vínculo dela com as pessoas queridas que estão longe e também o uso frequente do português como língua de herança.

Queremos saber o quanto esse artigo foi útil pra você!

Por favor, deixe sua avaliação.

Resultado 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar...

Nós lamentamos muito que você não está satisfeita com o artigo.

Ajude-nos a escrever artigos mais úteis e informativos!

Por favor, deixe sua sugestão em como melhorar esse artigo.

Gostou do artigo? Compartilhe com outras mães 🙂

Gostou do artigo? Compartilhe com outras mães 🙂

Queremos saber o quanto esse artigo foi útil pra você!

Por favor, deixe sua avaliação.

Resultado 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar...

Nós lamentamos muito que você não está satisfeita com o artigo.

Ajude-nos a escrever artigos mais úteis e informativos!

Por favor, deixe sua sugestão em como melhorar esse artigo.



Artigos relacionados

1 comentário

  1. Concordo plenamente. Sou de São Paulo e vivo na Holanda há 26 anos. Minhas três meninas nasceram aqui, filhas de pai holandês. Sempre me dirigi a elas, desde bebês, na minha língua materna e o pai, em holandês. As crianças aprendem os dois idiomas facilmente, entendendo os dois significados como sinônimos: tafel e mesa são a mesma coisa! Sempre estimulei o aprendizado do português com músicas, filmes, jogos etc. Quando começaram a falar, dirigiam-se a mim em português e ao pai em holandês. O contato com a família e a cultura do Brasil sempre foi uma constante. Algumas crianças, apesar dos esforços da mãe ou do pai nesse sentido, continuam a falar holandês, embora compreendam o que lhes é falado em português. Não se preocupem, pois isso muda com o tempo. Ao ficarem mais velhos, são perfeitamente capazes de conversar em português! Acabam por superar os bloqueios e passam a valorizar sua capacidade de falar dois idiomas com fluência. Portanto, mãos à obra! Falem português com seus filhos! Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.