Homem e mulher em trabalho de parto natural na Holanda sentada na bola de pilates para aliviar a dor

Como conseguir ter um parto natural na Holanda

5
(1)

Para o sistema e saúde holandês, assim como para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o parto vaginal é considerado um evento normal e saudável. A grande maioria das mulheres holandesas acredita que terá um parto natural, isso é algo que vem da cultura do país. Dessa forma, vamos descobrir, nesse artigo, como conseguir ter um parto natural na Holanda com métodos naturais para alívio da dor.

Esses métodos podem ser especialmente úteis durante as fases iniciais, antes de se optar pelos medicamentos e outras intervenções. Em alguns casos, podem até mesmo evitar o uso destes (lembrando que isso é sempre uma escolha da mulher). Mas os métodos naturais podem ser utilizados a qualquer momento do trabalho de parto.

Métodos para aliviar a dor durante o parto natural na Holanda

1- Mobilidade durante o parto

Apesar de muito comum, a prática de manter as mulheres deitadas durante o trabalho de parto aumenta muito o desconforto gerado pelas contrações.

Grávida na bola de pilates para aliviar as dores do parto
A bola de pilates é uma ótima opção para exercícios durante o trabalho de parto
Fonte:  Cristiane Pereira – www.amoremfocofotografia.com.br

Quando livres para decidir, as mulheres instintivamente tendem a se movimentar e escolher posturas verticalizadas. Você pode:

  • caminhar
  • mover os quadris
  • ficar de pé
  • ficar sentada em uma bola de pilates
  • ficar agachada

Muitos estudos mostram que a liberdade de movimentação durante o trabalho de parto está associada à redução do uso de anestésicos.

2- Respiração controlada

A reação normal da maioria das mulheres durante as contrações do parto é tensionar o corpo e respirar de maneira irregular. A tensão e a fadiga aumentam muito o desconforto gerado pelas contrações, além de interferirem no trabalho dos diferentes grupos musculares do útero.

Manter uma respiração lenta e controlada durante cada contração ajuda a relaxar, diminuindo a tensão e o desconforto, além de garantir que uma boa quantidade de oxigênio seja enviada para o útero (e para o bebê!).

Leia também:  Promoções de inverno na Europa: como aproveitar

3- Uso de água quente

A maioria dos métodos de alívio da dor durante o trabalho de parto natural na Holanda têm como base a promoção de um estado de relaxamento. O que acontece é que a tensão e o estresse estão fortemente associados à dor. Dito isso, nada melhor para aliviar a tensão muscular do que uma ducha quente ou a imersão em uma banheira com água quentinha.

Mulheres que fazem uso desses recursos durante o parto relatam uma grande sensação de conforto e bem estar. Além é claro, de uma maior facilidade para se movimentar, o que também está associado ao alívio das sensações.

Mulher debaixo do chuveiro como forma de aliviar as dores do trabalho de parto natural na Holanda
A água quente do chuveiro trás conforto durante o trabalho de parto
Fonte: Cristiane Pereira – www.amoremfocofotografia.com.br

4- Massagem de pressão e compressas quentes na região lombar

A massagem de pressão pode ser aplicada pelo acompanhante com as próprias mãos ou com a ajuda de objetos (bolas de tênis, por exemplo). A sensação causada pela pressão compete com os sinais de dor enviados ao cérebro, ajudando a aliviar as sensações de desconforto. Da mesma forma, a aplicação de compressas aquecidas na mesma região pode trazer muito alívio e conforto.

Grávida em trabalho de parto recebendo massagem lombar da doula para aliviar as dores do parto natural na Holanda
Massagem na região lombar ajuda a desviar o foco da dor
Fonte: Cristiane Pereira – www.amoremfocofotografia.com.br

5- Tens

Tens é abreviação para a Técnica de Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea. Nesse caso, eletrodos são colocados na região lombar e sacral da parturiente para que sinais elétricos (literalmente “choquinhos”) sejam transmitidos através da pele.

Funciona da mesma maneira que a massagem de pressão, as sensações elétricas competem com os sinais de dor enviados ao cérebro e isso contribui com o alívio do desconforto.

Na Holanda, o tens pode ser facilmente alugado e seu custo tem cobertura do plano de saúde. Basta verificar com a sua parteira as empresas que alugam. Se quiser saber mais sobre esse método, o site holandês 24baby explica bem neste artigo.

Leia também:  As dores e delícias do parto no exterior

6- Aromaterapia

Alguns aromas são conhecidos por suas propriedades calmantes e relaxantes. É o caso, por exemplo, do aroma do óleo de lavanda. Para tirar vantagem dessas propriedades e ajudar a aliviar a dor na hora do parto, a mulher pode fazer uma espécie de “condicionamento mental” durante a gravidez, onde ela ensina o corpo a relaxar quando exposto ao aroma em questão. Assim, quando estiver em trabalho de parto, a mulher pode fazer uso dos mesmos óleos essenciais para relaxar e aliviar a tensão associada ao desconforto.

Mulher grávida em trabalho de parto natural na Holanda, deitada na banheira inflável em casa
O hipnoparto é uma filosofia que ensina o casal a ter um parto mais tranquilo
Fonte:  Cristiane Pereira – www.amoremfocofotografia.com.br

7- Atitude positiva

Pode parecer algo muito simples, mas encarar o parto como uma experiência positiva pode influenciar a maneira como você se sente e lhe ajudar a lidar com as sensações do processo. Quando você enxerga cada contração (e as sensações que a acompanham) como a força necessária para trazer o seu bebê ao mundo, fica mais fácil lidar com a experiência de maneira geral.

É possível seguir cursos durante a gravidez que ajudam o casal a reformular as idéias acerca do parto e nascimento, ajudando-os a encarar a experiência de maneira mais positiva.

Um exemplo desse tipo de preparação é o método conhecido como hipnoparto (do inglês: hypnobirthing) onde o casal aprende técnicas de relaxamento para um parto mais tranquilo e calmo. Saiba mais sobre o meu curso on-line ou presencial aqui.

Queremos saber o quanto esse artigo foi útil pra você!

Por favor, deixe sua avaliação.

Resultado 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar...

Nós lamentamos muito que você não está satisfeita com o artigo.

Ajude-nos a escrever artigos mais úteis e informativos!

Por favor, deixe sua sugestão em como melhorar esse artigo.

Gostou do artigo? Compartilhe com outras mães ?

Leia também:  Plano de saúde na Holanda: como escolher


Queremos saber o quanto esse artigo foi útil pra você!

Por favor, deixe sua avaliação.

Resultado 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar...

Nós lamentamos muito que você não está satisfeita com o artigo.

Ajude-nos a escrever artigos mais úteis e informativos!

Por favor, deixe sua sugestão em como melhorar esse artigo.



Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.