Mulher sentada no chão de casa pratica mindfulness na maternidade

Mindfulness na maternidade: comece já

5
(6)

Os benefícios do mindfulness (ou atenção plena) são bem documentados. Recentes estudos mostram como essa técnica pode ajudar na ansiedade, depressão, insônia, e até doenças, como dor crônica. Mas você sabia que o mindfulness na maternidade vem sendo incentivado a ser praticado cada vez?

De baixo custo, baixo risco e fácil de aprender, o mindfulness vem se popularizando como técnica terapêutica por profissionais da área da saúde e bem estar. A prática tem despertado cada vez mais a atenção no Brasil e no mundo.

Mulher sentada em alto de montanha meditando
Foto de Dingzeyu Li no Unsplash

O que exatamente é mindfulness?

O tema ainda gera um pouco de confusão. Segundo o site Pluga.co, é “um estado mental alcançado quando se foca a consciência no momento presente, enquanto calmamente se reconhece e aceita seus sentimentos, pensamentos e sensações corporais”. 

Em outras palavras, significa treinar a mente para trabalhar com o corpo e, assim, ter mais em equilíbrio entre os dois. O mindfulness constrói a capacidade de resistência emocional, de modo que, se surgir algo que você não espera, encontrará forças para passar por essa situação. É uma prática similar à meditação, mas é mais simples e informal.

Mindfulness na maternidade

A maternidade é uma experiência extraordinária e assustadora. Como mãe de primeira viagem no exterior, desde o momento da gravidez fui inundada de informações e incertezas.

Ao longo de todas as fases da maternidade, temos que aprender constantemente e realizar múltiplas tarefas. Sabemos que muitas dificuldades relacionadas à saúde estão relacionadas aos níveis elevados de estresse e ansiedade. Então, como podemos aprender a desacelerar e acalmar?  

Mãe segura bebê no colo na cozinha de casa
Foto de The Honest Company no Unsplash

A prática do mindfulness traz benefícios em todas as etapas da maternidade, como por exemplo:

  • Na gravidez: uma ótima oportunidade para se conectar com o bebê. Pode beneficiar quem está com insônia, dores e ansiedade pelo parto, problemas que são comuns durante a gravidez.
  • No parto: pode ajudar enormemente a se sentir mais focada, confiante no seu corpo e em controle nos estágios do parto. O parto consciente não nega a dor – em vez disso, fornece técnicas para lidar com a dor a cada momento. Precisa ser praticado regularmente antes do trabalho de parto. Alguns enfermeiras e doulas já trabalham com essas técnicas.
  • No pós-parto: entre todas as noites sem dormir, choros e intermináveis mudanças de fraldas, descobriremos momentos de maravilha, alegria e paz. Os momentos de frustração e ansiedade se tornarão menos frequentes com a prática.
  • Na maternidade em geral: descobrir a atenção plena pode nos ajudar a lidar com as várias tensões da maternidade e apreciar plenamente os muitos momentos preciosos com nossos filhos (e sem eles também).
Leia também:  Morar fora e o mergulho para dentro de nós mesmas

Como começar a praticar?

Para iniciar, não é necessário comprar nada, nem fazer um curso especial. Basta seguir esses simples passos:

  1. Encontre um lugar calmo e tranquilo.
  2. Adote uma posição confortável. Você pode se sentar em uma cadeira com os pés no chão ou de pernas cruzadas, em postura de lótus, pode se ajoelhar – o que funcionar para você. Apenas certifique-se de que você está confortável e estável.
  3. Observe. Sinta seu corpo e sua respiração. Sinta a sensação da sua respiração quando ela sai e entra. Inevitavelmente, alguma distração ou preocupação pode aparecer. Quando você perceber isso acontecer, simplesmente volte sua atenção para a respiração.
Mulher deitada no chão praticando mindfulness na maternidade
Foto de Cristian Newman no Unsplash

Se você está apenas começando, pode ajudar a escolher um curto período de tempo, como 5 ou 10 minutos. A dica é tentar aumentar esse tempo progressivamente, dependendo da sua disponibilidade.

Planeje aplicá-la em um momento da rotina que melhor funcione para você. Para mim, que sou mãe de um bebê, o momento da amamentação é o ideal. Além de ter me ajudado a fortalecer o vínculo com meu filho e diminuir os níveis de estresse, contribui na produção do leite materno.

Exercícios guiados

Também há vários aplicativos disponíveis para quem prefere exercícios guiados: Calm, Headspace, 3 Minute Mindfulness e The Mindfulness App são alguns exemplos. Neles, você poderá personalizar suas sessões. Para quem quer se aprofundar no assunto, livros, cursos e até eventos estão cada vez mais acessíveis.

No YouTube também há inúmeros canais ensinando a técnica. Veja baixo um vídeo ensinando como começar.

Mas lembre-se: o mindfulness na maternidade é algo que você pode fazer enquanto toma um banho, por exemplo. Não se trata de sobrecarregar você com mais trabalho que toda mãe já tem.

Leia também:  Autocuidado na maternidade fora do Brasil
Mulher pratica mindfulness enquanto toma banho de banheira
Foto de Craig Adderley no Pexels

Mindfulness é uma coisa pequena e invisível que você pode fazer por você mesma. É sobre não suprimir suas emoções, e sobretudo, aceitar-se: se somos capazes de estar aqui e agora sem julgar, aproveitando o que está acontecendo em cada momento, podemos sempre ser felizes.

E você, gostaria de experimentar os benefícios do mindfulness?


Queremos saber o quanto esse artigo foi útil pra você!

Por favor, deixe sua avaliação.

Resultado 5 / 5. Número de votos: 6

Seja o primeiro a avaliar...

Nós lamentamos muito que você não está satisfeita com o artigo.

Ajude-nos a escrever artigos mais úteis e informativos!

Por favor, deixe sua sugestão em como melhorar esse artigo.



Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.